Artigos

23 de dezembro de 2016

É José, e agora?

Como na História, o Natal para ti chegou mais cedo: 1 ano e meio antes. E para a surpresa de todos desta vez veio uma Menina a quem puseste o nome de Leticia Gabriela, que como tu me disseste, significa “o Anjo alegre de Deus”.

Gloria a Deus no mais alto dos Céus, José!

É José, hoje, faltando 3 dias para o Natal, te encontrei com Maria e Leticia Gabriela numa movimentada rua de uma grande cidade, onde te ouvi dizer: “Ei irmãozinho, tem uns trocados pra eu comprar fraldas para ela?” E esta frase, enquanto durou nossa conversa, ouvi você repetindo-a inúmeras vezes. E, diga-se de passagem, com muito respeito. Às muitas pessoas que nem ligaram, você dizia José: “Muito obrigado e que Deus o abençoe assim mesmo!” Ao ouvir meu elogio à tua educação, tu me falaste que era isto que ensinava à tua filha, pois nada conseguirias se fosses mal educado. Ao perguntar onde aprendeste isto, me respondeste José: na rua, com as pessoas que me ensinaram. De novo José, a lição das ruas!!!

Tu ainda me declaraste que faltavam-lhes duas coisas: uma oportunidade de trabalho e o Batismo para tua filha. Com relação ao trabalho, tu não serias carpinteiro se alguém não te ensinasse, José. Sei que já fizestes alguns bicos de pintura de casas e guias de ruas, de limpeza de lotes etc. Porém, necessitas de mais… Como pagar aluguel e impostos, comprar comida, cuidar da saúde, da educação apenas tomando conta de carros??? Olha que tens feito milagre José e certamente ensinarás isto à tua filha! Tu tens sido muito estratégico como conversamos e aí está um dos grandes segredos.

Eu me encantei contigo José pelo número de vezes que tu te referiste a Deus e me fizeste perceber quão importante é para ti e tua esposa o Batismo para Leticia Gabriela e que até agora não havia ocorrido por falta de quem aceitasse ser padrinho e madrinha. Que coisa José, aonde chegamos? Como pode pessoas se recusarem a serem padrinhos de uma criança em pleno século 21? Se recusamos uma criança, recusamos o próprio Deus!  Percebi teu lado sensível Jose, quando te referias a Deus e falavas de tua fé e que o mais importante não é o rótulo da Igreja; quando vi um bonito terço de madeira em teu pescoço e quando tu brincavas com tua filha e dizias: “ah, que abraço gostoso”, quando ela te apertava com os bracinhos. Quanto carinho José! E ainda mais, disseste que ela mudara completamente tua vida e com o nascimento dela, tu te transformastes em nova criatura. Isto foi a tomada de consciência de teu Batismo, José, pois é justamente o que o Batismo faz conosco!

E por falar a palavra justamente, uma de tuas características José, segundo a Bíblia, é de ser um homem justo. Tu foste justo quando te vi contando as poucas moedinhas que ganhastes perto de tua esposa; tu fostes justo Jose nas palavras, densas de verdade sobre tua historia de vida; tu fostes justo quando estávamos na feira comprando algumas frutas e verduras e tu colocastes para a pesagem tão somente o que iriam comer e quando o feirante queria te fazer pegar mais e que seria de graça, tu afirmavas que não queria desperdiçar alimentos e que não os levaria para não estragar. E quando acabamos de comer aquele delicioso pastel de feira, tu pusestes no lixo os papeis e copos e devolveste no trailer o cestinho e o molho.

Ao ganhar papeis devido às compras para concorrer às cestas de Natal, tu não quisestes preenchê-los, pois não acreditas na sorte. Certamente, José, acreditas que a vida se vence com o trabalho e o suor do próprio rosto e que sorte é para poucos!

Ah, José, tua vida é uma lição é um tapa com luvas de pelica em nossa cara!!! Descarados, passamos perto de ti e de tua família com ares de superioridade, aguçando em vocês as famosas marcas de carros, de roupas, de relógios e joias… e quando passam por nossas casas vocês dizem: aqui é área nobre!

José, a nobreza está em vocês, nunca se esqueçam disto! E por favor, Jose: não nos imitem! Não somos exemplos pra vocês de partilha, de solidariedade, de fraternidade, de cuidado… de AMOR, JOSÉ. VOCÊS SÃO PARA NÓS UM EXEMPLO A SER IMITADO, COPIADO, COLADO, POSTO EM PRÁTICA! Não se iluda com o que apresentamos a vocês, é tudo ilusão, que não traz a verdadeira felicidade!

joseContinue batendo às nossas portas para nos acordar e nos chamar à realidade. Bata forte, mais forte ainda. José, não pare! Continue não só sonhando, mas tendo fé em Deus! Continue querendo fazer supletivo, pois tens somente 20 anos e tua esposa, 19 e juntos estão há 05 anos e receberam como DOM a linda Leticia Gabriela, que segundo tua opinião, será dentista pois gosta de ficar segurando teus dentes. Continue José, nunca desistas da vida, pois como me disseste, Deus está sempre do teu lado e já te livrou e orientou muitas vezes. Continue José, porque na tua perseverança muitos outros também serão perseverantes numa única realidade que ainda vale a pena: O AMOR!

FELIZ E SANTO NATAL AOS JOSÉS, MARIAS E JESUS DE MUITOS NOMES!!!

Padre Rodolfo Vasconcelos






CatolicaSJC Ano Mariano

0 Comments


Seja o primeiro a comentar!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *